Ensino Médio


Alunos do Ensino Médio participam de atividades em Ribeirão Preto

Os alunos das 2ªs séries do Ensino Médio do Colégio Nossa Senhora das Dores acompanhados pelo Professor e Coordenador de Linguagens e Códigos Abimael de Souza foram ao Teatro Municipal em Ribeirão Preto assistir à peça "Memórias Póstumas de Brás Cubas" apresentada pela Cia Realce de São Paulo.

Também presente na viagem que ocorreu no último dia 9, o Professor de Matemática Luiz Paulo de Oliveira levou os estudantes do Ensino Médio para conhecerem a USP. O Educador que também é Coordenador do SETAP - Serviço Técnico Administrativo Pedagógico juntamente com o Coordenador de Linguagens contam que ficaram encantados com toda a organização, com as palestras cuidadosamente preparadas, assim como a atividade prática no laboratório de Química foi de brilhar os olhos dos futuros universitários.

Os alunos relataram sobre a importância da visita à instistiuição, como também, se mostraram muito participativos e preparados para responderem as questões durante as práticas.

“Trabalhamos com adolescentes em uma fase que sabemos ser bastante crítica: aquela em que eles devem decidir suas vidas e escolherem seus destinos profissionais. Por isso, mais uma vez, nos sentimos agradecidos pelas várias dicas que os profissionais da USP passaram aos nossos jovens. Estamos certos que elas serão extremamente importantes quando eles precisarem tomar por definitivo suas decisões. Além disso, agradecemos a alegria e espontaneidade de todos os universitários que, de bom grado e uma alegria ímpar e radiante, conquistaram-nos. Consideramos de extrema valia e importância nossa parceria com esta visita e estamos felizes por já estarmos colhendo frutos desta empreitada. É perceptível como nossos alunos voltaram com outro olhar sobre o que é uma grande e respeitada universidade pública. Eles já comentam, já discutem entre eles, buscaram ainda mais informações e, muitos, já estão sonhando e lutando para também poderem fazer parte desta grande família USP nos próximos anos”; encerra o Professor Abimael de Souza.

17/03/2016 [/P.L.P. - P.A.S.]


Share |