Ensino Fundamental Anos Iniciais


Oficina de Leitura CNSD com presença de escritora chama a atenção para a diversidade

No dia 24 de março, o Colégio Nossa Senhora das Dores realizou a Oficina de Leitura com os alunos dos 1ºs, 2ºs e 3ºs anos do Ensino Fundamental Anos Iniciais.

O projeto teve como objetivo proporcionar às crianças momentos de leitura e reflexão sobre as diferenças e de como é importante conhecer, respeitar e agir em prol da transformação do mundo atual. Assim como desenvolver os diferentes tipos de expressões (oral, escrita e artítica) por meio da leitura.

“Este ano, as turmas dos 1ºs aos 3ºs anos aliaram ao objetivo principal do projeto a conscientização das crianças e famílias para a importância da inclusão, buscando a essência da formação dominicana”; comenta a Educadora Kátia Cristina.

No período que antecedeu a Oficina, em sala de aula, os alunos participaram de atividades em que produziram frases, quadrinhas, poesias e textos sobre os livros trabalhados, entre eles:

  • 1º ano “D” – Menina bonita do laço de fita de Ana Maria Machado

“De forma sutil e prazerosa, o intuito foi trabalhar as questões étnicas raciais com as crianças com o objetivo de gerar resultados positivos, uma vez que elas passam a considerar as diferenças e reagir com naturalidade e respeito”; fundamenta a Professora Euripa Alcântara

  • 2º ano “A” – Macaquinho de Ronaldo Simões Coelho

“A partir do contexto do livro, levamos o aluno a refletir sobre os cuidados e respeito com as necessidades do outro, tratando-o com amor e solidariedade”, conta a Professora Cláudia Fedrigo.

  • 2º ano “C” – Bom dia todas as cores de Ruth Rocha

“O objetivo foi ivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a antecipar a leitura apoiando-se no título e nas ilustrações, além de desenvolver a oralidade”; explica Professora Luciana Fraga

“A partir da história discutimos com as crianças a importância do respeito às diferenças individuais, da consciência de que todos temos limitações e habilidades singulares, proporcionando, assim, um trabalho de autoconhecimento”; contam as Professoras Kátia, Patrícia, Angélica e Stephanie.

Durante as aulas de Ensino Religioso aconteceu uma contação de história fazendo analogias à “Campanha da Fraternidade” e ao valor “Solidariedade” que representou o mês de março nas agendas CNSD. A Professora Maria Lígia também desenvolveu um trabalho com o livro “Pedroca... o menino que sabia voar” que conta a história de um menino muito especial que encara de uma maneira nada convencional, a forma como enxerga o mundo à sua volta. A temática do livro mostra que crianças com qualquer deficiência, independente de suas condições físicas, sensoriais ou cognitivas, são crianças que possuem necessidades e possibilidades de convivência, interatividade, troca, aprendizados, brincadeiras e de serem felizes.

A culminância se deu com a exposição de trabalhos das turmas e também atividades lúdicas durante toda manhã; como contação de histórias, dobraduras, vídeos poéticos e dinâmicas. Além da presença da escritora Karolina Cordeiro e de seu filho Pedro, criança que inspirou o livro trabalhado no CNSD: “Pedroca... o menino que sabia voar”.

Os pais dominicanos foram convidados a participar do bate-papo com a autora. Karolina emocionou a todos quando afirmou que apesar de Pedro não andar e não falar, ela olha para ele e vê um filho como uma criança igual a todas. “O que o torna especial não são suas necessidades, mas a forma de como ele as enfrenta. Ele gosta de estar neste mundo. Considero nossa história de superação, pois ele e eu tínhamos duas opções: esperar o que poderia acontecer ou fazer uma super ação, de se olhar e ir para a luta. Escolhemos a segunda. Eu preciso mais dele do que ele de mim”, relatou a mãe que é um exemplo a ser seguido.

“O momento com a autora e seu filho Pedro foi muito emocionante e de crescimento pessoal. As turmas prepararam uma homenagem com a apresentação de uma música e um poema, escolhidos especialmente para eles, e aprenderam muito sobre a persistência, inclusão e alegria”; finaliza a Professora Kátia.

16/04/2018 [/Projetos - P.K.C. - Internet]


Share |