Ensino Fundamental Anos Iniciais


Ensino Fundamental é acolhido na Capela CNSD

No dia 1º, o Colégio Nossa Senhora das Dores realizou na Capela, com a presença da coordenação e equipe pedagógica e Irmã Maria Helena Salazar, a “Acolhida” dos alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais com o tema “Podemos ser felizes todos os dias”.

As crianças ouviram um trecho bíblico “Os bons e os maus frutos” (Lc 6, 43-45) e foram convidadas a refletir sobre a importância das suas atitudes diante do mundo. “É importante vigiar nossos pensamentos e sentimentos o tempo todo. O que vamos dizer ou como vamos nos comportar depende somente de nós mesmos. Nós escolhemos que “tipo de árvore” queremos ser. Diante desse momento de reflexão mostramos alguns valores que são importantes e devem ser praticados: paciência, verdade, amor, respeito, solidariedade, alegria”; explica a Professora de Ensino Religioso – Maria Lígia Del Nery.

“Nenhuma árvore boa dá fruto mau. Nenhuma árvore má dá fruto bom. Cada árvore é reconhecida pelo fruto que lhe é próprio: não se colhem figos de espinheiros, nem uvas de urtigas. O homem bom tira o bem do tesouro de bondade que é o seu coração; e o mau tira o mau do seu fundo ruim; pois a boca fala do que o coração está cheio”.

Em seguida, os alunos foram questionados sobre o que os faz felizes. E cantaram a música: “Pequenas Alegrias” (Marcela Taís)

Rir até doer a barriga, pão quentinho da padaria
Receber carta pelo correio, ouvir o alarme do recreio
Andar descalço na areia, barraca, lua, uma fogueira
Lamber colher do bolo, encontrar moeda no bolso
Correr na rua, banho de chuva
Sorvete no verão, brincadeira de irmão

Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias
Orgulho de trabalho bem feito, chegar em casa mais cedo
Brincar com seu cachorro, a mãe deixar ficar com o troco
Elogiarem sua comida, estar com a família
Mensagem de madrugada, música predileta bem alta
Cantar debaixo do chuveiro, dançar na frente do espelho
Encontrar velho amigo, apertar plástico bolha, ficar um tempo à toa

Ouvir histórias de amor, voz de robô no ventilador

Olhar nos olhos teus, conversar com Deus
Ir para igreja, passear na feira
Paz no coração, liberar perdão, abraço inesperado
Trabalho voluntário, estar vivo, fazer aniversário

Para encerrar foram convidados a rezar o Pai-Nosso e agradecer todas as oportunidades de aprendizagem e crescimento proporcionadas pela escola e pela família.

03/02/2017 [P.M.L.]


Share |