Ensino Fundamental Anos Finais


"Natureza, Religião e Sociedade": JMJ e São Francisco de Assis

O ano de 2013 é o ano da Juventude no Brasil. A Campanha da Fraternidade promovida pela CNBB no tempo quaresmal e a JMJ – Jornada Mundial da Juventude no mês de julho foram sinais e oportunidades de reflexões sobre a juventude e a religiosidade na contemporaneidade.

Os alunos dos 7ºs anos A, B e C na disciplina de Ensino Religioso com o Professor Wanderson Ferreira refletiram sobre a realidade socioambiental do Brasil e do mundo. Vários questionamentos sobre a realidade atual foram elaborados: Por que há tanta desigualdade social? Como os avanços tecnológicos estão auxiliando na promoção da justiça e da paz? O que é sustentabilidade? O que é insustentabilidade? Como a religião pode contribuir na conscientização socioambiental?

As perguntas e interrogações levantadas, em vista de analisar caminhos para superação dos problemas levaram os alunos a conhecerem a vida e obra de santo que é sinônimo de compaixão e caridade com os humildes e com a natureza: São Francisco de Assis.

Os alunos assistiram por sugestão do colega Rafael Cruvinel Paixão, do 7º ano B, o filme  “Irmão sol e irmã lua”.  O filme retrata a vida e os valores de São Francisco e Santa Clara. A sinopse do filme, baseada em fatos reais, é a seguinte: “A trajetória da vida de São Francisco de Assis (Graham Faulkner), que quando jovem era filho de comerciantes ricos e desfrutava de vinho, mulheres e canções sem ter nenhuma preocupação. Quando a guerra e a doença assolam a região onde vive, ele sofre uma grande transformação. Ao aparecer diante do bispo local e tirar suas roupas renuncia sua vida prévia para se dedicar a Deus. Mas, sua pregação só iria chegar ao ápice ao ir para Roma, para ter uma audiência com o Papa Inocêncio III (Alec Guinness).”

Os alunos após assistirem o filme e pensarem sobre o sentido da vida testemunhado por São Francisco de Assis, escreveram as seguintes reflexões:

“A vida de Francisco no começo era fácil, mas depois de uma guerra, ele mudou seu espírito e nisso começou a ajudar pessoas mais pobres e a amar os animais.” - Augusto Souza Campos Durante 7º ano B

“Sempre antes das guerras existia uma missa para abençoá-los. Francisco foi forte ao resistir aos graves ferimentos da guerra. Ele tinha um enorme carisma pela natureza e foi a partir de um pássaro que ele teve a coragem de sair de uma cama para se libertar, sentir o ar da natureza e ter contato com Deus e com as pessoas humildes” - Gabrielle Helena 7º ano B

“Francisco nasce na cidade de Assis, por isso o seu sobrenome, com uma vida de conforto e nobreza. Depois de uma guerra, a todo momento, Francisco relembra a sua vida. Aquele momento de for, de guerra, de doenças, fez com que Francisco refletisse. Ele tinha preconceito com os leprosos. A guerra fez com que Francisco ficasse com várias feridas. Depois de sarar, Francisco mudou, passou a ter mais coragem para ser bom.”  - Gabriella Gomes Lopes Prata  7ª ano A

Os alunos sintonizados com as discussões acerca da realidade do Brasil e atentos aos preparativos para a JMJ pesquisaram também sobre a JMJ:

“A Jornada Mundial da Juventude tem o objetivo de aproximar os jovens de Deus. A JMJ ajuda os jovens a respeitarem outras religiões, já que reúne jovens, principalmente católicos, mas de todas as crenças, promovendo o amor ao próximo.” Camila Silvério Carvalho Vieira  7º ano B

O trabalho de pesquisa, reflexão, debate, oração e ação orientado pela temática:  “Natureza, religião e sociedade: JMJ e São Francisco de Assis" contribuiu para os alunos entenderem melhor que “um outro mundo é possível” e que sinais de amor, fé e caridade existem e precisam ser valorizados e vivenciados por todos  em vista de uma sociedade sustentável, democrática e fraterna.

03/10/13 [P.W.F.]
 


Share |