Notícias

CNSD comemora o Dia Internacional da Mulher com poesia e reflexão

Na última quinta-feira (08), o Colégio Nossa Senhora das Dores fez uma singela comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Reunidas na Sala do Educador, as mulheres dominicanas foram inundadas de carinho e homenagens organizadas pela Pastoral Escolar e Direção CNSD.

Os colaboradores declamaram e cantaram, enquanto a Diretora Marta Queiroz e a Irmã Maria Helena Salazar falaram sobre a importância da data.

“Madre Anastasie, a MULHER FORTE DO SEU TEMPO”
Madre Anastasie, a Mulher de fortes qualidades morais e cristãs. Herança adquirida dos seus pais, cristãos admiráveis de caráter generoso que souberam buscar na fé, a força para enfrentar duras e longas provações.
Desde pequena, mostrou-se uma alma contemplativa, um grande gosto pela solidão, pela oração. De uma delicada atenção para com todos. Uma das maiores características sua: Prudência, simplicidade e bondade, oração.
MULHER PRUDENTE: Jamais foi vista agindo com precipitação. Antes de tomar uma decisão, refletia, pedia a opinião de suas irmãs e de outros. Madre Anastasie sabia aliar prudência e bondade. Ela acolhia a todos com igual bondade.
Se ela era prudente, era sobretudo muito boa.
Quando preciso sabia usar de firmeza, mas sempre aliada à ternura, à bondade.
Alegria – Costumava dizer às suas irmãs: sejam corajosas! Sejam alegres. Riam, riam muito. E ela tinha uma frase que a caracterizava: “É preciso que sejamos aleluia da cabeça aos pés.”
MADRE ANASTASIE, Mulher do seu tempo: Corajosa, sábia, mergulhada na realidade que a circundava, enfrentou desafios, apontou saídas, lutou muito para realizar seu ideal: fundar uma Congregação que acolhesse crianças e jovens para ensinar-lhes o caminho do saber e da fé. Cuidou dos pobres, dos doentes, dos idosos. No fim de sua vida pode dizer como o Apóstolo Paulo: “Realizei a missão a mim confiada... conduzi a obra à sua perfeição”.

E vocês, mulheres de hoje? Quantos desafios enfrentam? No lar, no trabalho, na sociedade?
Quantas virtudes as caracterizam? Bondade, ternura, alegria, paz, sabedoria.
Quais as forças que as sustentam na luta do dia a dia? A fé, a oração, o amor.
Vocês são guerreiras, sim. Vocês são corajosas, sim.
Vocês são Mães, unem a família, cerca-a de carinho e proteção!
Hoje é dia de homenageá-las, com carinho, com gratidão, de dizer-lhes que são luzes que iluminam vidas; braços que transmitem segurança; palavras que confortam e aconselham.
Que Deus as proteja e as abençoe!
Nossa Senhora das Dores, nossa Mãe e Mestra. Olha para nós mulheres, com teu olhar de Mãe Acolhedora, com teu coração terno e bondoso. Sustenta-nos com tua força e dá-nos fé e coragem para enfrentarmos o dia a dia de nossas vidas.
Derrama sobre nós, tuas bênçãos e graças. Amém.

Irmã Maria Helena Salazar

“Mulher”
Mulher é vida
Flor é milagre
A mulher carrega em si uma força
Que insiste, resiste e persiste.
Cada flor carrega em si uma beleza
Uma cor, um aroma peculiar.
Cada mulher com seu jeito,
Com sua cor, com seu aroma
É única como a flor.
Mulher e flor se confundem
A natureza delas é milagre e é vida
Que se forma e transforma.
Mulher se sensibiliza,
Flor encanta,
Irradiam poesia e alegria.
Da flor o fruto,
do fruto a semente,
da semente a vida.
Da mulher  o amor,
Do amor a vida,
E o milagre perpetua.

Eliana Prata

Mulher é transformação...
Testemunho de fé e teimosia
Dor e superação
Trabalho e luta
Empoderamento
Diversidade de flores e mulheres
Todas querem algo em comum:
Respeito
Mulheres de ontem e de hoje:
Inspiração
Mulheres, com homens,
de unidade na diversidade.
Wanderson Raposa

13/03/2018


Share |